Curiosidades

Curiosidades sobre a reciclagem.

Por que reciclar?

Os resultados da reciclagem são expressivos tanto no campo ambiental, como nos campos econômico e social.

No meio-ambiente a reciclagem pode reduzir a acumulação progressiva de resíduos a produção de novos materiais, como por exemplo o papel, que exigiria o corte de mais árvores; as emissões de gases como metano e gás carbônico; as agressões ao solo, ar e água; entre outros tantos fatores negativos.

No aspecto econômico a reciclagem contribui para o uso mais racional dos recursos naturais e a reposição daqueles recursos que são passíveis de re-aproveitamento.

No âmbito social, a reciclagem não só proporciona melhor qualidade de vida para as pessoas, através das melhorias ambientais, como também tem gerado muitos postos de trabalho e rendimento para pessoas que vivem nas camadas mais pobres.

No Brasil existem os carroceiros ou catadores de papel, que vivem da venda de sucatas, papéis, alumínio e outros materiais recicláveis deixados no lixo.Eles também trabalham na colecta ou na classificação de materiais para a reciclagem. Como é um serviço penoso, pesado e sujo, não tem grande poder atrativo para as fatias mais qualificadas da população.

Assim, para muitas das pessoas que trabalham na reciclagem (em especial os que têm menos educação formal), a reciclagem é uma das únicas alternativas de ganhar o seu sustento.

Alumínio

  • O alumínio líquido (700 °C), demora até duas horas e meia para atingir o estado sólido, dependendo do volume de metal assim como temperatúra ambiente, local de armazenagem, etc.
  • Um quilo de alumínio reciclado, evita a extração de cinco quilos de bauxita.
  • O ciclo médio de vida de uma lata de alumínio é de 30 dias, desde sua colocação na prateleira do supermercado, até seu retorno reciclada.
  • A reciclagem de uma única lata de alumínio, pode economizar a energia necessária para manter um televisor ligado durante 3 horas ou uma lâmpada de 100 watts por 20 horas.
  • Em média um quilo equivale a 74 latas.

Benefícios

  • Fonte de renda para diversos tipos de mão-de-obra.
  • Injeção de recursos na economia local.
  • Grandes investimentos não são necessários.
  • Economia considerável de energia elétrica.
  • Diminuição da quantidade de lixo nos aterros sanitários.
  • O meio ambiente é menos agredido.
  • Colaboração com o crescimento da consciência ecológica.
  • Estímulo da reciclagem de outros materiais.
  • Áreas carentes são beneficiadas com o aumento de renda.
  • Ajuda na composição do lixo urbano.
  • Colaboração no estabelecimento de políticas de destino de resíduos sólidos.
  • Adaptável a realidades de diferentes tipos e tamanhos de cidades.
Fonte:Wikipédia